Shopping Cart
Your Cart is Empty
Quantity:
Subtotal
Taxes
Shipping
Total
There was an error with PayPalClick here to try again
CelebrateThank you for your business!You should be receiving an order confirmation from Paypal shortly.Exit Shopping Cart

                     O QUE É MACONGE              

D. CAIO JÚLIO CÉSAR DA SILVEIRA IV

PRIMEIRO E ÚNICO REI DE MACONGE

Fundado em 1939 no Liceu "Diogo Cão" em Sá da Bandeira, Lubango, Angola, MACONGE é um Reino Ideal, de Lenda, de Sonho, de Fantasia e de Fraternidade, sem limites territoriais - estende-se a todas as regiões e locais onde se encontre um Macongino - e, nestes "ilimites" geográfico-romântico-sentimentais, tem como principal e inalienável substrato, o Coração e a Saudade de todos os seus súbditos. 

    MACONGE - A DIÁSPORA  

Com o Rei Ausente em Parte Incerta, houve que garantir a continuidade do Reino de Maconge. Nas Cortes Gerais de Coimbra de 28 de Maio de 1978, o Vice Rei e Grão Duque do Lubango D. MÁRIO SARAIVA DE OLIVEIRA foi aclamado como Rei.

No entanto, decidiu que continuaria a ser designado Vice-Rei e que D. César permaneceria como único e eterno Rei.

D. Mário ficou assim na história como I Vice-Rei de Maconge. A ele coube a 

ingente tarefa de continuar o espírito de Maconge no exílio, no chamado "ultramar europeu". Uma odisseia que D. Mário deixou escrita, para a História:

MACONGE - A CONTINUIDADE

Depois de mais de 20 anos de reinado, D. Mário Saraiva de Oliveira Ausentou-se para Parte Incerta em 10 de Março de 1998.

Em 25 de Agosto desse ano foi eleito o Duque de Mocolocolo D. OLAVO NÓBREGA MACHADO GODINHO e investido como II Vice-Rei de Maconge, e assim elevado à dignidade de Grão-Duque.

Iniciando o seu mandato sob a égide da Constituição de 1993, D. Olavo I tomou como  

primeira tarefa a adaptação da Lei Fundamental aos novos tempos. Nasceu assim a Constituição de 1999, aprovada nas Cortes Gerais de 29 de Maio, contendo actualizações e inovações que se revelaram vitais para a continuidade de Maconge.

O Reino de Maconge nasceu no ano de 1939 no Liceu Nacional de Diogo Cão, na cidade de Sá da Bandeira (hoje Lubango), em Angola.

E é nessa Cidade-Berço que se situam os Reais Paços de Maconge, solenemente inaugurados no dia 18 de Janeiro de 2003 por Sua Majestade o Vice-Rei D. Olavo I.

Implantado em pleno coração do Parque de Nossa Senhora do Monte, o edifício-sede de Maconge começou por ser um pequeno pavilhão que, ainda no período colonial, foi a sede na Huíla do CITA - Centro de Informação e Turismo de Angola.

LEGENDA - Este é um dos Símbolos de Maconge: Um garrafão de 5 litros - como eram os garrafões de vinho antes da invasão do plástico - sobre dois porrinhos cruzados. Esta é uma foto recente, tirada no salão da velha CASA VERDE, que foi cenário privilegiado de inúmeras Ceias de Maconge.

Numa visita ao Lubango do Vice-Rei D. Olavo I, acompanhado pelo "Cardial" do Reino D. Adrega I, (visita que a foto documenta), iniciaram-se os contactos para a cedência do edifício em ruína.

Mas foi em 1998, na visita ao Lubango do I Vice-Rei D. Mário Saraiva 

de Oliveira, quando era Governador da Província da Huíla o Macongino D. Kundy Payhama, que foram accionados os mecanismos legais para a sua cedência efectiva. Seguiram-se quatro anos de trabalho intenso por parte de um grupo de maconginos residentes em Angola, que angariaram os meios, em dinheiro e materiais, a que juntaram os contributos de maconginos exilados no Ultramar Europeu

LEGENDA - Reais Paços de Maconge - Era assim o edifício que foi cedido ao Reino de Maconge em 1999, em Escritura Pública. Na foto, o Vice-Rei D. Olavo I e o "Cardial" do Reino, D. Adrega I, na data em que se decidiu a reconstrução do velho edifício. 

  NOTÍCIAS DO SITE---- NOTÍCIAS DO SITE----NOTÍCIAS DO SITE ----NOTÍCIAS DO SITE----NOTÍCIAS DO SITE ----NOTÍCIAS DO SITE----NOTÍCIAS DO SITE---

                SOBADO DE AVEIRO                   

TUDO SOBRE A PRÓXIMA 

CEIA DE

AVEIRO

CEIAS EM 2015

Fevereiro 28 - AVEIRO
Março 28 - LUBANGO
Abril 25 - LUANDA
Maio 30 - LISBOA
Junho 27 - SANTO ANDRÉ
Setembro 26 - LEIRIA
Outubro 31 - PORTIMÃO
Novembro 28 - TORRES VEDRAS

ÁLBUNS

Aos poucos, este Site Oficial de Maconge testá a repor o conteúdo do site anterior. A nossa atenção está agora mais voltada para as páginas HISTÓRIA, DOCUMENTOS e ALBUNS.

Nesta última página podem ser apreciados os álbuns de:   Alexandre ADREGA     |   Amilcar MICO    |    INÊS Chibia   |    João COSTA E SILVA    |    João Manjericão "NECO"    |   JULINHA Gouveia    |    Mário PARENTE RAMOS |   PAULO JORGE   | Verânio Jorge "O BINDONGAS"    |   Zé Pereira "BEXIGOSAS"    |   AMÁLIA em Luanda e Sá da Bandeira

N   O   T   A  -  Este site, alojado nos servidores do portal americano [Webs.com], ao qual adquirimos também o domínio exclusivo [reinodemaconge.com] encontra-se em actualização, para garantir que não se perdem os conteúdos do site alojado no Sapo, que encerrou o serviço de edição. Confira em [reinodemaconge.com.sapo.pt].

0